gala2013 header

Fotografias

Login

Bem Vindo


OPA 2405Uma escola de futebol deve ser um espaço em que, acima de tudo, se privilegia o ensino do futebol.

Uma escola de futebol não é um espaço em que todos os inscritos jogam torneios de forma federada.

Uma escola de futebol é um espaço onde se deve proporcionar a todos os alunos (A TODOS) as condições necessárias para que aprendam, evoluam, se divirtam, socializem.

Os que jogam melhor devem ter meios e estratégias para que possam desenvolver as suas capacidades. Mas todos os outros jogadores também têm o direito, de acordo com as suas capacidades e objetivos, de evoluírem, de aprenderem, de se sentirem integrados, de se sentirem válidos. Ninguém gosta de ficar de lado. E as crianças e os jovens sabem muito bem quando naturalmente integradas ou são "forçadas" numa determinada situação. Connosco não há filhos de diretores, nem amigos dos jornais, nem primos dos políticos. Connosco há mérito. Se tem, tem possibilidades. Depois é uma questão de escolha do treinador. Agora não é situações encapotadas, favores.

Numa equipa de futebol todos querem jogar mas nem todos podem fazê-lo da forma que querem.

O importante é praticar desporto dentro de uma exigência que se possa cumprir.

É importante este ponto por diversas razões:

  • de ordem motivacional
  • de ordem logística
  • de ordem competitiva
  • de ordem organizacional

Quem estuda música, por exemplo piano, não se exige ir para a Orquestra do Porto tocar. Deve exigir sim empenho pela parte dos professores, iguais condições de ensino, apoio dos encarregados de educação para a sua formação enquanto ser humano. Quem estuda música, ao fim de muitos anos, não fica músico - são muito raros aqueles a quem tal acontece. São os fora-de-série. Quem estuda música tem que saber de música, não tem de ser músico. Porque é que o futebol tem que ser diferente?

É por todas estas razões que teremos equipas competitivas para todos os interessados, para além das aulas e do treino, que queiram competir. Teremos equipas federadas e equipas de competição interna. Todos os alunos interessados podem competir todas as semanas. Não é por acaso que faremos uma liga interna com competições à sexta-feira. Quais são as outras escolas de futebol que fazem isso? Somos uma escola de futebol onde temos a obrigação de treinar futebol. Não temos a obrigação de federar toda a gente para ir buscar subsídios à Cãmara. Não temos a obrigação de fazer equipas sem o mínimo de competitividade em que na primeira parte perdem por cinco a zero e no final da segunda parte perdem por dez a zero. Temos a obrigação de exigir a cada criança e jovem o máximoque lhe for possível atingir, a superar-se, a esforçar-se, a ter capacidade de sacrifício e disciplina. Quem quiser que o filho ou filha jogue federado de forma obrigatória, deve procurar outro local. Agora quem quiser que o filho ou filha tenha reais condições para aprender, quem quiser ter profissionais qualificados e empenhados, quem quiser materiais e infra-estruturas adequadas, quem quiser ter o filho ou filha em segurança, escusa de procurar mais: somos nós o local certo

Fazemos erros? Seguramente. Mas ainda vamos fazer muito mais. Porque fazemos coisas. Queremos ser um agente de formação com especificidade do futebol.

Porque queremos que as crianças e jovens que estiverem na escola de futebol se sintam bem, sintam que as pessoas se preocupam com elas, que os objetivos são adequados as suas capacidades e ambições.

O caminho faz-se caminhando.

 

Ricardo Cayolla